quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Santana do Cariri.CE: Devoção a Benigna Cardoso atrai milhares de fiéis na 12ª Romaria!


   No entardecer do último sábado, 24 de outubro, aproximadamente 20 mil romeiros, segundo a organização, participaram da peregrinação que encerrou a festividade da 12ª Romaria da Serva de Deus Benigna Cardoso, realizada no município de Santana do Cariri. A peregrinação teve início no Santuário de Benigna, no bairro de Inhumas, e foi concluída na Igreja Matriz de Senhora Santana, com a celebração da Santa Missa presidida por Dom Fernando Panico e concelebrada por vários padres da Diocese de Crato.
A romaria recorda o dia em que a jovem Benigna foi brutalmente assassinada por defender sua castidade. Conta os relatos históricos que Benigna, aos 13 anos, ia como de costume pegar água no poço próximo a sua casa, neste dia um homem de nome Raul tentou abordá-la sexualmente e como ela lutou contra o ato, que no seu entender cristão seria uma ofensa ao seu corpo, ele pegou um facão e a golpeou decepando por fim sua cabeça.
Fiéis visitando o local onde aconteceu o martírio da Serva de Deus. (Foto: Patrícia Silva)
O local onde aconteceu o martírio é um dos pontos de visitação da romaria. Os fiéis chegam ao poço, tiram a água, se molham, bebem e até levam para casa por acreditarem que ela é abençoada por Benigna, como é o caso da agricultora Maria de Lourdes de Cosmo, de 63 anos, que após fazer a sua oração encheu uma garrafa de dois litros com a água para levar para seu filho. “Estou levando a água para o meu filho que está com um problema de coluna. Também ele tem problema com o alcoolismo, venho pedir a ela para que ele deixe este vício. Tenho certeza que ela vai me ajudar por ser uma santa milagrosa”, afirmou.
Para o pároco, Pe. Paulo Lemos, este momento sela as diversas festividades que o município realiza em comemoração a Serva de Deus e reforça a unidade de oração pela beatificação de Benigna. “Nós estamos felizes por estarmos lembrando a memória do martírio de Benigna, porque foi um gesto de amor e de fé ela renunciar ao pecado e acolher a vontade de Deus em sua vida. Esta multidão aqui presente reforça a nossa oração para ver Benigna na honra dos altares e a espiritualidade para vivermos o martírio cotidiano” disse.
Dom Fernando com os padres que concelebraram na celebração de encerramento da Romaria. (Foto: Patrícia Silva).
O Processo de Beatificação de Benigna foi dado entrada na Congregação para Causa dos Santos, em Roma, há dois anos, por Dom Fernando Panico e Monsenhor Vitaliano Mattioli, falecido em dezembro do ano passado. Em visita recentemente a Congregação responsável por este assunto, Dom Fernando se mostrou confiante que a Beatificação logo seja concedida. “Benigna nos ajuda a nos aproximarmos do evangelho de Jesus. Acabo de voltar de Roma, e estive na Congregação que trata destes processos de beatificação, e ai fiquei sabendo que nestes dois anos muitas coisas positivas já aconteceram. Eu tenho esperança que a solução final deste processo não vai demorar”, afirmou.
Esta edição da Romaria de Benigna contou com a presença não só de fiéis do Ceará, mas também de Pernambuco, Piauí e Bahia. Melhorias na estrada que liga Inhumas a Santana estão sendo realizadas pela prefeitura, que neste ano inaugurou uma estátua da Serva de Deus na entrada no munícipio. Uma ampla reforma na estrutura do memorial também foi realizada e o novenário que aconteceu de 15 a 23 de outubro, na Igreja Matriz e no Santuário da Serva de Deus, teve como tema “Com Benigna celebremos as misericórdias do Senhor”.
              
Patricia Silva - Blog do Crato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário