sexta-feira, 27 de abril de 2012

EXUMAÇÃO DA JOVEM BENIGNA!

     A Diocese de Crato e a Paróquia de Sra. Sant’Ana realizaram neste dia 27 de Abril 2012, a exumação dos restos mortais da jovem Benigna Cardoso, que até então estava sepultada no cemitério São Miguel em Santana do Cariri – CE.

    Com esta exumação foi dado mais um passo referente ao processo de beatificação da jovem Benigna. Agora posteriormente será realizado o translado e o sepultamento na Igreja matriz de Sra. Sant’Ana já marcada para o mês de maio.

    A exumação foi realizada numa cerimônia privada com orações e súplicas. Depois da identificação dos restos mortais de Benigna os mesmos foram lacrados em uma urna que ficou sobre o resguardo da Diocese de Crato – CE, até o dia 26 de maio quando ocorrerá a solenidade oficial de translado e sepultamento na Matriz, em uma grande romaria no município de Santana do Cariri.

 Estiveram presentes na cerimônia os seguintes representantes:

- Monsenhor Vitaliano Mattiolli – Postulador da causa de beatificação e representante da Diocese de Crato.

- Pe. Paulo Lemos Pereira – Pároco de Santana do Cariri.

- Pe. Joaquim Cláudio de Freitas - filho da terra e Pároco da Basílica Menor de Nossa Sra. das Dores em Juazeiro do Norte – CE.

- Ypsilon Rodrigues Félix – representante da comissão Diocesana.

- Terezinha Sisnando e Dulcinéia Sisnando – Irmãs de criação de Benigna.

- Sandra Rodrigues, Marcos Danilo e Geânio Felipe – representantes da comissão paroquial.

Fotos Oficias da Cerimônia:

 






 

Postado por: Ypsilon Félix

terça-feira, 24 de abril de 2012

Beatificação de Benigna!




     O Juiz de Direito de Santana do Cariri autorizou a exumação dos restos mortais da menina Benigna Cardoso. A providência é exigência do Vaticano  para abertura de qualquer processo de beatificação. A exumação deverá ser feita nos próximos dias e um  laudo dela será juntado à documentação que será entregue – à Congregação da Causa dos Santos – no próximo mês de maio. O pedido de Beatificação de Benigna será levada ao Vaticano por monsenhor Vitaliano Mattioli, do clero de Roma, ex-professor da Pontifícia Universidade Urbaniana e ex-vice-reitor do Pontifício Colégio Santo Apolinário, ambos da capital italiana. Monsenhor Mattioli reside atualmente na cidade de Crato. 

 

Armando Lopes Rafael