quarta-feira, 28 de março de 2012

Um devoto de Benigna na Polônia!







     O mundo virou mesmo uma aldeia global! Dias atrás chegou à Cúria Diocesana, em Crato, uma carta de um polonês, o Sr. Marek P. Tomaszewski. Escrita em inglês, o polonês informa que – após acessar o site da Diocese de Crato – ficou sabedor do movimento pró-beatificação da menina-mártir Benigna Cardoso, assassinada – em 1941– em Santana do Cariri, para preservar a castidade. Escreveu o Sr. Marek que ficara encantado com a história de Benigna, e, a partir daquele momento, tomou Benigna por sua protetora. Narek finalizou informando que vem rezando pela beatificação de Benigna.

Armando Lopes Rafael via Blog do Crato.

sexta-feira, 16 de março de 2012

Cd homengem à Benigna é lançado em Santana do Cariri!

     O lançamento oficial aconteceu através das ondas da rádio Santana Fm, no dia 14 de março de 2012, sobre a coordenação do Pe. Padre Paulo Lemos da paróquia Sra. Sant'Ana ,o Cd homenagem a Benigna “Heroína da castidade” possui músicas também de louvor à Sra. Sant’Ana padroeira de Santana do Cariri – CE, o  projeto é de caráter promocional no entanto o apelo do padre é que não sejam copiados os Cd’s, pois os mesmos já podem ser adquiridos na secretaria paroquial da cidade por um preço simbólico de apenas cinco reais.
   Uma equipe do coral Santanense formada por: Sandra, Damião, Cící e Penha ficaram no vocal, sobre os arranjos de Chiquim dos teclados e participação especial do Pe. Paulo Lemos e adaptações de Raimundo Sandro. O Cd homenagem à Benigna é um lançamento exclusivo da Paróquia Sra. Sant’Ana Diocese de Crato –CE.


                                           Cantores do CD: Lele, Damião, Penha e Cici.


Maiores Informações:
Secretaria Paroquial
Fone (88) 3545 -1485
Santana do Cariri -CE




por: Ypsilon Félix

quinta-feira, 1 de março de 2012

GRAÇAS ALCANÇADAS PELA INTERCESSÃO DE BENIGNA:


DEPOIMENTO DE RAIMUNDA GALVÃO DE SOUSA (MUNDINHA)


“O que eu peço a Benigna, eu alcanço”.
“Tenho muita fé (devoção) em Benigna. Deus sabe que ela é ‘santa’”.

- Pediu a Benigna que pudesse viajar para Santana (sua terra natal). Logo depois seu filho deu-lhe as passagens para que ela viajasse. Conseguiu passagem também para o marido.
- O filho de D. Mundinha estava separando-se de sua esposa, esta, assim achou melhor pois enfrentavam dificuldades financeiras . Dona Mundinha pedia a Benigna que o casal não se separasse. Neste período de turbulência na vida do casal, D. Mundinha veio à Santana de avião e diz que não lembrou de trazer o remédio da pressão, pois é hipertensa. Quando voltou a São Paulo o filho já havia se reconciliado com sua esposa. Dona Mundinha atribui a Benigna.
- A vinda a Santana, foi outra graça que segundo ela recebeu de Benigna, pois está com a saúde frágil.
- A venda da casa da filha, para que ficasse mais perto de D. Mundinha. Sua filha a pediu que fizesse uma promessa à Benigna para que ela conseguisse vender a casa que morava, muito distante da casa da mãe, e conseguisse comprar outra mais próxima. D. Mundinha pediu a Benigna e alguns dias depois sua filha conseguiu comprar a tão sonhada casa perto da mãe e ainda sobrou-lhe uma parte do dinheiro com a qual ela comprou um carro.
- Certo dia o filho de Dona Mundiinha, por nome Renato, perdeu-se em Vila Formosa-SP. Pediu a Benigna que seu filho aparecesse. Como de fato aconteceu. Ela tem certeza que foi Benigna que ajudou, pois o menino estava muito longe.